sexta-feira, maio 12, 2006

Personagens...

Acho que vale a pena dedicar um post a personagem que e o meu "grande amigo" responsavel do armazem da empresa onde estou a trabalhar. Grande amigo pois parece me que apesar das diferencas: ele alto e gorducho, eu nao muito alto e magro, ele casado e com filhos, eu solteiro e sem eles, ele espanhol e eu portugues e muitas outras que nao vale a pena desenrolar aqui; e a pessoa com quem consegui estabalecer uma relacao mais amigavel. Nao e que com os outros nao o tenha feito, mas apenas de uma forma diferente, pois parece me que muitas vezes ele sente que nao e ouvido pelos "chefes" e eu faco por ouvi lo, o que o deve deixar "encantado" com a situacao. Dai o facto de me chamar chefe, apesar da minha condicao de "becario".
Ele e a minha fonte de expressoes espanholas (apesar de nao me conseguir lembrar agora de nenhuma), de piadas venham elas de onde vierem, de boa disposicao, pois sao raros os dias em que nao esta bem disposto. Estou a falar de uma pessoa que deve medir ai pouco mais de 1,85m e pesar ai uns 110kg.
Por outro lado, em troca, e pela sede que tem em aprender linguas e ouvir musica (quase sempre hip hop, seja de onde for) sirvo de tradutor das musicas que vai ouvindo ou de intermediario nas conversas que tem com um tecnico ingles que comeca a apanhar algo do espanhol por estes dias. Esforcado e ele sem duvida, pois nao so do ingles e do portugues me faz perguntas, como, de vez em quando, ate em alemao vai dizendo alguma coisa. Nao pormenorizando o que ele sabe melhor nessa lingua, pois nao vale mesmo a pena apesar de poderem facilmente adivinhar.
No outro dia estivemos a discutir o facto dos espanhois chamarem a atencao uns dos outros por "Oye"!!!! Que mais nao quer dizer do que "Ouve"!!! Perguntou me como fazem os portugueses, tendo lhe eu respondido que na maioria das vezes o equivalente seria o "Olha!". Interessante foi a observacao que muitas vezes gostava de ser portugues porque tem coisas mais logicas que os espanhois. Isto porque na realidade quando chamas a atencao de alguem, nao queres que essa pessoa somente ouca mas tambem olhe.
Nao estara ele a visualizar totalmente a questao, pois por vezes sucede o contrario, mas nao deixa de ter a sua piada ouvir isto de alguem.

Penso que ja da para ter uma ideia de quem se trata...

Hasta luego...

segunda-feira, maio 08, 2006

Realidades...

Na 6a feira passada, fizemos a primeira festa la em casa. E giro ver as pessoas excitadas na organizacao de tal evento, durante a arrumacao da casa e sua preparacao, para que tudo corra bem. Estando a falar de 7 anfitrioes, como seria de esperar, o numero de convidados deve ter ultrapassado as 7 dezenas no seu ponto alto. A casa e bastante grande mas pode se dizer que estava bastante cheia.

Restringimo nos a 4 dos quartos da casa, os maiores por sinal. Mesmo assim deu bastante trabalho a sua preparacao e posteriormente a sua limpeza.

As pessoas presentes eram principalmente europeus, com grande predominancia de franceses, mas havia representantes de varios outros paises desde america do norte ao sul, passando pelo Irao. Asiaticos penso que nao havia, mas sinceramente so conhecia por volta de metade das pessoas. Facilmente se perde o rasto neste tipo de festas em que qualquer pessoa conhecida esta a vontade para convidar quem queira levar, sem que alguem o conheca.

Pode se dizer que foi uma festa tipica de Erasmus, em que se fala com muita gente, mas no final da noite so se sabe o nome de 2 ou 3 dos que se falou. Nao estando eu a fazer Erasmus, estou a reviver um pouco dessa vida, depois de 6 meses em Bolonha. Esta insere se numa fase inicial desse periodo, em que se vai conhecendo uma infinidade de gente que provavelmente nao se vai ver mais o resto da vida. Desta imensidao, no final restam 4 ou 5 pessoas com as quais, as vezes, se mantem algum contacto.

Penso que a maioria das pessoas gostou e agradeco a quem veio, caso esteja a ler isto.

De proximas, ainda nao ha planos... quem sabe!!! Se houver, estarao convidados...

Hasta luego...

Parabens... Feliz Cumpleaños...

Mais uma vez aqui estou para deixar os parabens aos ultimos aniversariantes...

Vera - 6 de Abril
Sofia - 6 de Abril

Luisa - 12 de Abril

Hugo - 18 de Abril
Ricardo Zenida - 18 de Abril

Sara - 19 de Abril

Marta - 6 de Maio

Rodrigo - 7 de Maio
Olivier - 7 de Maio

Nao sei porque mas a coincidencia de datas da que pensar...

Outros virao, mas estes ja estao...

Hasta luego...

Reflexao...

Apos um inicio fulgurante, tenho estado bastante parado relativamente a novos posts neste blog. Depois de varias reclamacoes, achei por bem expor aqui algo do que se pode chamar de possiveis razoes:

Por um lado, a mudanca para um mundo novo, diferente daquele a que qualquer pessoa se habitua a viver no seu dia a dia, implica uma completa alteracao de rotinas e habitos. Se estivermos a falar de uma mudanca de pais, ainda temos a diferenca de culturas a acrescentar. No entanto, ha culturas mais diferentes e outras mais semelhantes. No caso de Espanha, nomeadamente Madrid, as diferencas existem mas nao sao assim tao grandes, pelo que me foi dado a ver ate agora. Por isso, enquanto que no inicio essas sao mais claras e faceis de escrever, quanto mais tempo vai passando, maior a dificuldade em detecta las e expo las.

Alem disso, temos ainda o facto de termos passado e ainda continuar a passar por um periodo cheio de feriados, quer em Portugal, quer em Espanha. Assim, Madrid foi alvo de uma invasao lusitana. Se por um lado, da origem a mais razoes para escrever, por outro falta o tempo necessario para o fazer.

Desta forma, continuarei a escrever, provavelmente com menor regularidade que no inicio, ainda dificultado pela falta de Internet (espero que temporaria e rapidamente) mas persistentemente.

Por agora e so...

Hasta luego